História

A implantação da FUNTERRA se deu por meio de um instrumento da política de recursos humanos da TERRACAP e da reivindicação dos seus empregados, que exigiam garantia de segurança para o seu futuro e de seus dependentes, bem como a valorização dos anos de trabalho e a renovação do quadro de forma harmoniosa.

A decisão nº 1.032/1994 da Diretoria Colegiada, em 21 de setembro, bem como a decisão nº 288/1994, em 13 de outubro, por parte do Conselho de Administração, aprovaram a fundação da FUNTERRA. À época, ela foi criada para atender  578 empregados. Destes, 408 tornaram-se associados.

Sua criação foi amparada pelo Decreto 81.240/78, que regulamentava a constituição; aprovação e funcionamento das Entidades Fechadas de Previdência Privada. O seu funcionamento foi aprovado pela Portaria do Ministério da Previdência e Assistência Social nº 1634, de 23 de novembro de 1994 e, pela Portaria da Secretaria de Previdência Complementar  nº 494, de 21 de agosto de 1998, e publicada no Diário Oficial  da União em 24 de agosto de 1998.